Estética: Novo aparelho combate flacidez corporal; estrias e até cicatrizes

20/12/2017 18:27
noticia Estética: Novo aparelho combate flacidez corporal; estrias e até cicatrizes
noticia Estética: Novo aparelho combate flacidez corporal; estrias e até cicatrizes

Tecnologia Fotona Dynamis Pro Laser é a última palavra em beleza

 

 O equipamento tem uma estação de lasers que engloba vários procedimentos. O que tem mudado a forma de tratar a pele e feito imenso sucesso nas clínicas dermatológicas de todo o mundo.

Já disponível na Europa e nos Estados Unidos há cerca de cinco anos, a tecnologia chegou ao Brasil em torno de um ano e acaba de desembarcar em Rio Preto.

O sistema que combina dois tipos de lasers: o Nd Yag e o Erbium associados à tecnologia robótica permite a atuação em um grande número de indicações em dermatologia: na flacidez, renovação da textura cutânea, rugas, linhas, sulcos e na melhora dos volumes faciais com o intenso estímulo de colágeno e muitos outros usos. Sem falar, que conta com quatro plataformas de lasers, além da robótica.

 

E a boa notícia é que a novidade está disponível na Clínica Derm, de Rio Preto, com o protocolo já aprovado pelo FDA americano e pela ANVISA, no Brasil.

"A tecnologia tem grande relevância uma vez que agrega a robótica associada ao laser, evitando na maioria dos tratamentos o contato das ponteiras com a pele; além de atuar com 4 sistemas e em 4 dimensões, por isso é chamada de 4D: epiderme, derme, subcutânea e mucosa. Sua atuação em todas as camadas da pele proporciona eficácia e resultados diferenciados nos tratamentos propostos", explica o dermatologista João Carlos Pereira, fundador e membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, entre outras.

 

 Entenda como agem os quatro sistemas:

 

Smooth: É a aplicação do laser na mucosa oral na região interna das bochechas para atuar de dentro para fora no colágeno contra a flacidez facial e também na parte interna dos lábios para aumento de volume para quem não deseja realizar preenchimentos.

 

Frac 3: Neste módulo, ocorre uma emissão de laser fracionado no exterior da face com atuação na derme para completar a ação intraoral. Restaura a textura e o tônus, podendo ser usado também no dorso das mãos, colo, pescoço, antebraços e outras regiões do corpo.

 

Piano: Atua profundamente e com aquecimento da pele num todo para restaurar as fibras colágenas e elásticas degeneradas com o envelhecimento, melhorando a cor, elasticidade e tônus.

 

Superficial: Esse é um programa que os raios dos lasers atuam superficialmente para eliminar rugas finas, reduzir sulcos e afinar a textura da pele, reparar irregularidades da superfície e dar suavidade, brilho e aparência perolada à pele.

 

Os resultados de retração da pele já podem ser observados nas primeiras sessões, embora o resultado final mesmo, se dá após complementar às 4 sessões mensais. É uma opção para quem não necessita dos resultados expressivos de um "lifting" cirúrgico, mas que deseja melhorar a flacidez facial ou ganhar retração e tônus na face e pescoço.

 

Na face, as sessões adicionais são importantes para a persistência dos resultados. O procedimento apresenta mínimo desconforto, não necessita de anestesia e pode durar de 30 a 90 minutos dependendo do tratamento a ser realizado.

Pode se combinar com outros procedimentos, tais como: toxina botulínica, preenchimentos, fios de sustentação, radiofrequência, infravermelho e outros tipos de lasers para um tratamento global da face E assim, conseguir resultados mais expressivos. Complicações são raras, mas quando existem são facilmente reversíveis.

 

Os tratamentos com o equipamento são adequados para mulheres e homens e podem ser realizados em qualquer época do ano por não serem ablativos, não são doloridos e pode ser usado em qualquer tipo de pele, inclusive em afrodescendentes.

 

O aparelho dispõe ainda de outras configurações dos seus lasers com a tecnologia robótica que permite tratar, também, a flacidez corporal e a parte interna de coxas e braços, vasinhos vermelhos (na face) e azuis nas pernas; estrias, cicatrizes, queloides e ainda micoses de unha.

 Depilação robótica

 Assim como a tecnologia robótica revolucionou o transplante capilar, também traz significativos avanços e vantagens na depilação corporal. O procedimento é realizado com tecnologia laser/robótica, por meio de uma ponteira inovadora que escaneia a área desejada e emite um laser com movimentos robóticos de forma homogênea, sem contato da ponteira com a pele e sem a ação manual.

 

 Além disso, é mais segura, pois sua precisão não permite a sobreposição acidental, ou seja, não há o risco de repetir o disparo do laser no mesmo local inadvertidamente, o que poderia causar um aquecimento excessivo da pele e determinar complicações como queimaduras, frequentes nas técnicas anteriores devido ao contato da ponteira na pele.

 

Outra vantagem do método é que o laser Nd: Yag consegue atingir planos mais profundos, alcançando o bulbo capilar e destruindo o pelo por completo.

 

Essa ponteira robótica é chamada de "depilrobot" e consegue tratar desde áreas pequenas até maiores, como costas, abdome e peito, sem sensibilidade dolorosa.

 

Pode ser feito durante o verão e em todos os tipos de pele, sem deixar manchas. Deve atender, principalmente, a quem está cansada (o) dos pelos indesejados e tem medo da depilação convencional, por causa da dor. Diferencial importante que favorece muito às pessoas mais sensíveis e, em especial, aos homens costumeiramente, menos tolerantes a dor.

Dr. João Carlos Pereira

Clínica Derm. Telefone (17) 4009-5500.

Redes sociais: Instagram: @clinicaderm

site: www.derm.com.br ​.