Casa de acolhimento: Uma segunda chance para moradores de rua

Por meio do projeto 'Novo Caminhar' Assistência Social trabalha na reinserção de pessoas em situação de rua à sociedade
15/06/2017 20:38
noticia Casa de acolhimento: Uma segunda chance para moradores de rua
noticia Casa de acolhimento: Uma segunda chance para moradores de rua

Por PML

O município de Louveira elevou investimentos nos últimos anos para a área de assistência social. Uma casa de acolhimento foi criada, logo no início da administração, em 2013, com o objetivo de manter pessoas da cidade, antes, em situação de rua, em um espaço equipado para ser o novo lar de cada um, com atividades de reinserção à sociedade. Antigamente, o local era no Jardim Vera Cruz, mas agora, a administração optou por ampliar ainda mais o espaço e agora a nova unidade funciona próximo ao Cemitério Municipal, na Estrada Alfredo Strabello, 545.

Anteriormente acompanhadas pela equipe de abordagem social, a qual acompanha essa população, eles são convidados a ir ao abrigo, onde constroem junto à equipe técnica um plano individual de atendimento, pernoitam, recebem alimentação e os cuidados com higiene.

Denominado por 'Novo Caminhar', o projeto é financiado pela Secretaria de Assistência Social e conta com trabalhos de terapia ocupacional como cuidar da horta, oficinas de artesanato, palestras e tem a proposta de proporcionar à pessoa em situação de rua o suporte necessário à reintegração dele na sociedade, resgatando sua dignidade. No abrigo são oferecidos cobertor, chuveiro, comida e apoio psicológico para que consigam mudar de vida, entrar no mercado de trabalho e, principalmente, desenvolver autonomia e protagonismo para atingir emancipação. Outra alternativa é uma parceira com o programa Economia Solidária, trabalho promovido pelo NUCCA (Núcleo de Cidadania e Capacitação) que tem como objetivo criar um novo jeito de produzir e gerar a própria renda.

No processo de acompanhamento, os cidadãos que estiverem na residência recebem atendimento social, psicológico, terapêutico-ocupacional, acompanhamento familiar com enfoque no fortalecimento e reconstrução dos vínculos. Também têm acesso a oficinas e cursos de capacitação, inclusão em programas e benefícios sociais, visita domiciliar e institucional e acompanhamento técnico.

De acordo com os critérios da instituição, podem ser acolhidas pessoas que tenham 18 anos ou mais, de ambos os sexos e que possuam vínculos familiares ou comunitários no município de Louveira, mesmo que fragilizados ou rompidos.

Abordagem diária
O trabalho de abordagem e abrigamento são realizados diariamente em diversos locais. A abordagem dos moradores de rua é uma das prioridades da Secretaria de Assistência Social para atender essas pessoas em qualquer época do ano. O trabalho realizado com a população em situação de rua é efetuado pela Proteção Especial de Alta Complexidade do Serviço Único de Assistência Social (SUAS) em parceria com outras secretarias e conta também com o apoio de entidades e cidadãos louveirenses. Os interessados em fazer parte deste programa como voluntário, visitar ou fazer doações, entre em contato pelo telefone (19) 3878-2545 ou através do email casanovocaminhar@gmail.com.