A VOZ QUE NÃO SE CALA TEM NOME: ANDERSON PÊGO.

Fátima Pêgo  |  16/08/2017
noticia A VOZ QUE NÃO SE CALA TEM NOME: ANDERSON PÊGO.
noticia A VOZ QUE NÃO SE CALA TEM NOME: ANDERSON PÊGO.

Por Fátima Pêgo

 

Nem mesmo as intimidações fizeram calar a voz do vereador Anderson Pêgo da cidade de Timon — MA.

Desde a sua posse, o Vereador Anderson Pêgo (PRB) tem feito o que todo Edil deveria fazer, estar ao lado do povo fiscalizando, e cobrando resultados positivos principalmente na área da saúde.

Um verdadeiro fiscal do povo que vem incomodando a atual gestão, pelas suas denúncias e em defesa dos direitos dos munícipes.

A voz que não se cala denunciou:

• Gigantesco criatório de mosquito no centro de Timon — Se referindo a piscina construída no Estádio Miguel Lima.

• COOPMAR! O maior escândalo de desvio de dinheiro sem precedentes em Timon e no Maranhão.

• Falta água de qualidade moradores do bairro Planalto Boa Esperança “É um absurdo aquelas famílias morarem à 500 metros da Estação de Tratamento de Água inaugurada sob rajadas de foguetes em 2016 e não ter água de qualidade para o consumo”.

• Defendeu a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara já denominada de “CPI do Lixão”.

• Falou sobre uma denúncia feita que virou condenação no Tribunal de Contas da União do Secretário de Saúde de Timon Márcio Sá, onde se fraudou quase R$ 10 milhões de Reais em licitação e várias empresas ficaram inidôneas nesse esquema.

• Cobra solução para os animais de rua.

• Protocolou Projeto de Lei que concede isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) aos imóveis em que o proprietário contribuinte tenha doenças graves ou portadores de deficiências consideradas graves ou que tenha dependente nesta condição.

• Denuncia que o Secretário de Saúde Márcio Sá está usando a campanha da Dengue para fazer palanque político, enquanto o Hospital do Parque Alvorada está virando um matadouro.

• Visita surpresa a escola rural choca o vereador.

• Água com INSALUBRE, outra denúncia.

• Preocupação com as obras paralisadas que existem na cidade de Timon, sobretudo as paradas de ônibus que custam mais que uma casa do programa Minha Casa Minha Vida. Para finalizar soube que a obra do Ginásio de Esportes da Avenida Teresina esta embargada por problemas estruturais.

Em contra partida, o Vereador propõe:

• Programa social para o armazenamento de água em Timon.

• Visitas às UBS.

• Foi impedido de entrar pelo funcionário da Prefeitura em uma UBS, que disse que ele não poderia entrar por ser vereador. “Não irei deixar de defender a população encontra a UBS do Parque Alvorada”, discursou o vereador.

• Solicitou do Secretário de Saúde Marcos Sá, a relação dos funcionários que trabalham na Estratégia Saúde da Família (ESF), e até agora não recebeu. “Prefeito Luciano Leitoa, eu pedi para o secretário Márcio Sá me entregar a relação dos funcionários da Saúde só do ESF, ele não entregou ainda”.

Anderson procura estar sempre aonde o povo está, procurando e ajudando, ele cobra soluções e exige que o povo tenha saúde, segurança e educação de qualidade.

A fala do vereador na última sessão da Câmara Municipal, no dia 02 de agosto, foi um recado para àqueles que não aceitam que ele trabalhe na defesa dos munícipes e o intimidam:

- “Eu cheguei aqui foi como homem! Não vai ser intimidação de ninguém que vai calar minha voz, só se for à bala! Se quiser me matar!” disse o vereador Anderson Pêgo.